Ansiedade Mata

by O Grande Babaca

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
03:09
2.
03:21
3.
04:08
4.
03:58
5.
04:35

credits

released January 19, 2016

tags

license

all rights reserved

about

O Grande Babaca São Paulo, Brazil

contact / help

Contact O Grande Babaca

Streaming and
Download help

Track Name: Augusteiro
Seus amigos não vão te dizer, mas eu vou
pro seu bem.
Sei que é difícil se desenhar e não se reconhecer
alí.
Só enxergar
a foto daquele modelo que te inspirou
ao se vestir pela manhã.
Vai deixar a barba crescer,
a roupa rasgar, tambem vai fumar,
não se cuidar, na rua beber
pra na festa entrar,
fingir que foi legal ficar com a fã
do modelo que te inspirou pela manhã
Mas né, por que você faria isso
a vida nem tá tão difícil
pra você querer deixar de ser você.
Track Name: Pula Pirata
Um dia, medido em saudade um ano,
Neste navio sou novo,
Mas vim que é pra me perder.
Disseram que não seria fácil,
Tão alto e tão longe
que é só horizonte o que consigo ver.
Somos novatos em alto-mar
a espera de nunca ter de ouvir
gritos de terra a vista.
Até o chão é melhor que minha cama
mas eu não largo esse barco nem pelo melhor lençol
Nossa tripulação de dois não quer voltar
pois entre o mar e vocês
Quem era para eu escolher?
A terra firme sempre vai perder para o mar.
Track Name: Lígia
Somos o alvo perfeito
Te acompanhar é sempre pior
serão dois a errar e falhas como você
quanto menos melhor.
Sei bem quem afiou o fio da sua mão,
e te ensinou como abrir um peito
pois é perfeito o eco dentro de nós.
Espero que saiba o que faz,
pontos mal dados estragam a surpresa,
me abrir é fácil demais,
não vai ser uma emenda, que vai corrigir o que fez..
Não dessa vez.
Somos crianças tentando encontrar
o que o cinema inventou,
Tantos papéis pra se interpretar
e você me escolhe o vilão.
Não há mais sentido em te guardar em mim.
AH, vagabunda.
Track Name: Carta Aberta
Ansiedade mata
Pode pedir as contas
que você não dura mais um mês,
Posso não estar certo,
Não sou o mais esperto
mas de nervosismo eu sei.
Olá senhor, será que poderia atrapalhar a reunião?
O médico mandou eu largar o vício que é trabalhar
Eu sei que vai fácil encontrar alguém pra por no meu lugar
só lhe conte que o que me paga, não paga o tempo que eu perco aqui.
Volte pra sua mesa, se sente e volte já a trabalhar
Você não vai querer me dar a chance de gritar...
Já decidi, nada que fizer vai me manter aqui...
Não vou ajudar...
Fique tranquilo não vou precisar...
Não venha pedir
Rapaz... você já passou dos limites...
E é no depende que nos separamos do resto
Somos a excessão aqui
E a excessão não lhe deve,
Não temos nada a declarar
Vamos todos embora daqui.
Sento na tua mesa já sabendo o que eu vou escutar, sua vez de ouvir.
Sabe eu tenho saudades de quando ainda não tinha vendido meu tempo.
Obrigado confiar em mim, me deixar sentar aqui.
Mas não quero ser como vocês.
Track Name: Réquiem
É naquela águia que eu queria chegar
só que já decidi...
Que mesmo se enjetassem
coragem em minhas veias
ainda não seria o suficiente para partir
pelas águas deste mar
e deixar de existir..

E mesmo se ninguém me parasse
ainda tenho esta âncora
que permanece em minha mente.

Ainda tenho vinho nos meus lábios
porque na noite passada eu tentava te esquecer.
Por que respirar se nem ao menos sabemos o momento exato
em que vamos morrer?

Enquanto desvendava as faces da sua quimera
percebi até mesmo o pior,
Somente ingratidão, esta pantera
recebi sem teu suor.

Vem Gritar!
para parecer mais longe..

Te sinto perto da saída,
só mais três passos e é hoje
que a porta que bate é você
fora da minha vida.

Já não tenho vinho nos meus lábios,
porque na noite passada acabei de te esquecer.
Sigo a respirar sem querer saber o momento
em que vou viver.

Já sei o porquê de respirar,
ter folego pra sair pelo mar
e deixar de existir...
sou águia e já não estou mais..
aqui.